Fonte: https://www.vigilantesdopeso.com.br/br/sites/br/files/styles/wwvs_default_image/public/article_masthead/mob_detox.jpg?itok=vRnl3wxO

Detox é somente para emagrecer?

Algumas pessoas acham que detox é somente para emagrecer, mas na verdade o emagrecimento é consequência da redução das toxinas no nosso organismo.

Os xenobióticos são compostos químicos estranhos ao nosso corpo e por isso nos “agridem”, podendo causar alterações em várias funções do nosso organismo dependendo do tempo e grau de exposição.  Ao longo da vida podemos acumular muitas substâncias tóxicas no nosso corpo que podem levar a disfunções hormonais na tireoide (o tal “metabolismo lento”), infertilidade, doenças autoimunes entre outras.  Os xenobióticos também podem interferir no apetite, bloqueando os sinais de saciedade, dando a sensação de fome o tempo todo. 

Mas calma que o nosso organismo é capaz de “neutralizar” e reduzir os danos causados pelos xenobióticos no nosso organismo.  O fígado é o principal responsável por essa função. O problema é quando sobrecarregamos o nosso fígado e aumentamos muito a quantidade de substâncias nocivas no nosso organismo, sem aumentar a quantidade de nutrientes (vitaminas e minerais) envolvidos na destoxificação na mesma proporção. 

Quando essa matemática não é favorável ao nosso organismo é possível que você sofra de alguns dos sinais e sintomas.  Se você está numa fase que sente muita vontade de comer, se seu intestino está muito preso, faz retenção de líquidos no corpo, anda muito cansado, fazendo enxaquecas com frequência, se você nota que sua digestão está prejudicada, sua TPM está gritando e está com dificuldade para perder peso. É provável que você possa se beneficiar adorando uma dieta de característica detoxificante (ou detox, como é popularmente conhecida).  

Você se identifica com alguns dos sintomas descritos?  Conta pra gente ou dá um like pra gente saber.

 

Danielle Osório

CRN: 3100170-4

CRF: 17896