Manchas na pele e micoses de verão

                 Com a chegada do verão e aumento da temperatura, tendemos a usar roupas mais curtas que deixam a mostra partes do corpo que costumas ficar escondidas, como as axilas e as virilhas. Neste momento percebemos manchas desagradáveis…

                 Nestas regiões de dobras do corpo, como axilas e região inguinal, assim como debaixo das mamas, há uma tendência ao acumulo do suor, associado a dobras das roupas, que criam um clima propicio para a proliferação de fungos. Neste locais, as manchas tendem a ser avermelhadas ou acastanhadas, e podem ou não estar associadas a coceira. Também ocorrem as ditas assaduras, que podem estar contaminadas por fungos. 

                 A dica para evitar estas lesões é manter a pele do local sempre que possível seca, em especial após o banho. Se for a praia ou piscina, não permanecer longos períodos com os trajes molhados. 

                 O chamado “pano branco” é uma micose superficial que fica mais evidente após a exposição solar, e muito frequentemente as pessoas acreditam que foram contaminadas na areia da praia ou água da piscina. Mas na verdade, este fungo já estava instalado na pele e funciona como um bloqueador solar. Desta forma quando a pele não infectada fica bronzeada, ocorre um contraste importante com o local que não recebeu o sol e as manchas ficam bem evidentes. 

                 Se você tem manchas na pele, agende uma consulta com o Dermatologista. O tratamento não é complicado e rapidamente você ficara bom para curtir o verão…

 

Dra Selma Merenlender CRM 5248425-2

Diretora Tecnica CMF.